INSENSIBILIZADOR DE AVES UFX 7 ( FRANGOS E PERUS) – FLUXO

O novo modelo UFX 7 é um insensibilizador de aves para linhas de abate industrial de alta performance que permite aplicar os parâmetros de insensibilização do regulamento 1099/2009, garantindo bem estar animal e conseguindo ao mesmo tempo excelentes resultados na qualidade da carne. Isto tudo devido aplicação de sofisticados algoritmos de controle das formas de onda e frequência (função XWControl ) que conseguem gerar impulsos de correntes elétricas que agem com eficácia no sistema nervoso central do animal, sem gerar os efeitos indesejados na musculatura e estrutura óssea dos mesmos.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS UFX 7 FRANGOS

  • Seleção da forma de onda (CA quadrada, CC, CA senoidal (PWM), CA pós-sangria, CC pós-sangria, XW Control CC e CA);
  • Frequência de saída variável de 20 a 3000 Hz;
  • Tensão de saída de 10 a 350VRMS;
  • 10 Setups para programação;
  • Dutycycle de 10% a 90%;
  • Contador de animais integrado (requer acessório);
  • IHM destacável e operável à distância;
  • Duas portas de comunicação serial RS485 por protocolo MODBUS RTU;
  • Três línguas de operação (Português, Inglês e Espanhol);
  • Geração de gráficos no visor de tensão e corrente;
  • Possibilidade de transferência de setup’s entre equipamentos;
  • Controle de acesso a níveis de programação através de senha;
  • Tensão de alimentação de 220V +-10%;
  • Recursos de proteção e segurança do equipamento;
  • Proteção contra sobrecargas por software e hardware;
  • Proteção por temperatura de operação;
  • Monitoramento da rede elétrica para proteção do equipamento;
  • Log de falhas e de parâmetros;
  • Em conformidade com as normas NR 10 e NR 12 Vigentes;
  • Dimensões painel: 400x776x200mm;
  • Chave geral com dispositivo para bloqueio e aplicação de cadeado.

CARACTERÍSTICAS GERAIS UFX 7 PERU

  • Seleção da forma de onda (CA quadrada, CC, CA senoidal (PWM), CA pós-sangria, CC pós-sangria);
  • Frequência de saída variável de 20 a 3000 Hz;
  • Tensão de saída de 80 a 500VRMS;
  • 10 Setups para programação;
  • Duty cycle de 10% a 90%;
  • Contador de animais integrado (requer acessório);
  • IHM destacável e operável à distância;
  • Duas portas de comunicação serial RS485 por protocolo MODBUS RTU;
  • Três idiomas de operação (Português, Inglês e Espanhol);
  • Geração de gráficos no visor de tensão e corrente;
  • Possibilidade de transferência de setup’s entre equipamentos;
  • Controle de acesso a níveis de programação através de senha;
  • Tensão de alimentação de 220V +-10%;
  • Recursos de proteção e segurança do equipamento;
  • Proteção contra sobrecargas por software e hardware;
  • Proteção por temperatura de operação;
  • Monitoramento da rede elétrica para proteção do equipamento;
  • Log de falhas e de parâmetros;
  • Em conformidade com as normas NR 10 e NR 12 Vigentes;
  • Dimensões painel: 400x1040x200mm;
  • Chave geral com dispositivo para bloqueio e aplicação de cadeado.

SUPERVISÓRIO DE INSENSIBILIZAÇÃO DE AVES

Com o sistema supervisório de insensibilização de aves, os dados da insensibilização são lidos diretamente do insensibilizador e armazenados de forma confiável, em banco de dados que possibilita a geração de relatórios por período, na forma de gráficos ou tabela de valores, possibilitando também a geração de documentos em formato PDF para envio por email ou impressão. Os valores aplicados no processo de insensibilização podem ser vistos em tempo real na tela computador, possibilitando que auditorias visualizem os dados online.

SINAIS QUE PODEM SER LIDOS E REGISTRADOS

  • Corrente total e parcial;
  • Tensão setada e tensão real na saída;
  • Frequência;
  • Largura de pulso;
  • Forma de onda aplicada;
  • Velocidade da linha de abate;
  • Horário e data da ocorrência;
  • Estes dados podem ser apresentados em relatórios numéricos ou gráficos, podendo ser agrupados em minutos, horas ou dias.

Copyright© 2013.Todos os direitos reservados.

Agência 4z